terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Quanto seria o gasto total de uma viagem a Bariloche no próximo inverno?



A publicação de hoje é mais longa do que o normal e só de ver o tamanho dá preguiça de ler, mas estou segura se você chegar até o final estará se informando de algo que seguramente te interessa muito se você estiver organizando uma viagem a Bariloche. Creio que a pergunta no título da postagem de hoje talvez seja a mais feita por um turista brasileiro que pretende visitar a cidade, digo isso baseado nestes anos de experiência em responder diariamente a muitas consultas por email. Algumas pessoas a quem já respondi sobre quanto devem trazer a Bariloche para gastar por dia, devem saber que eu não gosto de estipular um valor exato porque o mesmo varia devido a vários fatores, sem contar à inflação que temos na Argentina e a instabilidade do peso argentino, que também dificultam estipular gastos. Por exemplo, se você foi a Paris há cinco anos e tomou um cafezinho que custou 1 euro, provavelmente anos depois voltará e este mesmo cafezinho continuará custando 1 euro. Isso não ocorre na Argentina, se há 5 anos atrás um cafezinho em uma confeitaria custava uns 8 pesos, hoje em dia está valendo entre 30 e 40 pesos. O mesmo acontece com as tarifas dos passeios que a cada ano sofrem dois reajustes devido à inflação. Esta é uma das razões pelas quais as tarifas dos passeios não são divulgadas com tanta antecedência, todos os prestadores de serviços para não sofrer perdas, esperam para ir vendo o que irá acontecendo com a economia até chegar mais próximo da temporada.

Apesar de todos os motivos acima e da dificuldade de estipular gastos a futuro na Argentina, resolvi tentar responder esta pergunta com mais precisão porque sei da importância dela para os turistas que estão planejando viajar a Bariloche. Para isso, vou dar uma de economista (já aviso que falta talento para isso, rsss) e queimar um pouco os meus neurônios (os meus leitores merecem!) para tentar calcular esta estimativa de gasto para a temporada de inverno de 2017. Vou me basear nos valores do inverno ano passado (2016), nas tarifas atuais dos passeios tradicionais (ver tarifas aqui) e nos valores médios e atuais do comércio, restaurantes e irei somar 20 % a mais devido à inflação na Argentina e ao possível aumento dos valores a partir de 1° de julho 2017. Vou exemplificar a estimativa de gastos dos passeios com um roteiro bem bacana de inverno para quem terá 6 dias completos ou 7 noites na cidade, que é o tempo da maioria dos pacotes vendidos a Bariloche. Desta forma já aproveitamos e respondemos outra das perguntas mais feitas pelas pessoas que me escrevem: Qual roteiro você me recomenda para fazer em Bariloche no inverno?  É claro que tem outras opções interessantes para diferentes perfis, conheça outros roteiros interessantes que estão no blog clicando aqui.

Então, chega de blá blá blá  e vamos ao que interessa, abaixo calculei passo a passo uma estimativa de gastos por dia em Bariloche para o próximo inverno (passeios, restaurantes, roupa de neve e gastinhos menores) e quanto custaria em média um pacote (aéreo + hotel). Vamos considerar que o turista realize um roteiro bem completo de 6 dias de passeios e atividades em Bariloche e que contratou um pacote de 7 noites para viajar na alta temporada inverno, seja em julho ou agosto (AR$ = pesos):



Estimativa de gastos de passeios:



Valor da Noche Nordica no inverno passado: AR$ 2900

Dia 2: dia de ski ou snow no Cerro Catedral fazendo aula coletiva para principiantes:
Valor do pacote promocional da aula coletiva de ski com passe de ski para pista de principiante e transfer gratuito saindo do centro: AR$ 1350

Dia 3: ski bunda em Piedras Blancas:
Tarifa do ski bunda em Piedras Blancas no inverno passado, com transfer de ida e volta ao parque: AR$ 820

Dia 4: Caminhada a Lagoa Congelada:
Tarifa normal alta temporada:  AR$ 1850

Dia 5: Villa La Angostura e Cerro Bayo
Tarifa atual do passeio Tronador, este passeio tem a mesma tarifa da Villa La Angostura e Cerro Bayo no inverno + teleférico Cerro Bayo no inverno passado: AR$ 850 + AR$ 440 = AR$ 1290

Dia 6: Navegação a Isla Victoria e Bosque de Arrayanes
Tarifa atual da navegação, incluindo transfer de ida e volta ao porto e taxas extras: AR$ 1290

Cálculo geral dos passeios: 525 + 2900 + 1350 + 820 + 1850 + 1290 + 1290 = AR$ 10.025 : 6 dias = AR$ 1670 por dia

Estimativa de gastos de restaurantes:


Quanto uma pessoa gasta atualmente em média em uma refeição em um restaurante em Bariloche: AR$ 350, ou seja, AR$ 350 x 2 (almoço e jantar) = AR$ 700 por dia 


Ex: Restaurante Boliche de Alberto de carne: Um casal gasta em um jantar em média uns 700 pesos atualmente (350 pesos por pessoa), alguns valores: 1 porção de “bife de chorizo” (serve a 2 pessoas) custa 300 pesos, 1 garrafa de um vinho razoável custa em média uns 260 pesos, uma salada ou pure 100 pesos, 1 garrafa de água mineral 40 pesos.



 Estimativa de gastos de roupa de neve:


Quanto uma pessoa gastou em média no aluguel da roupa impermeável no inverno passado: AR$ 200 por dia (alugando por mais de 3 dias)

Obs: Foi possível encontrar alugueis de roupa mais baratos na temporada do ano passado, tipo 150 pesos a diária e também valores mais altos, tipo 350 pesos. Obviamente, se você deseja uma roupa de certa qualidade e mais nova, dificilmente pagará o valor mais barato.



Estimativa de gastos de comprinhas:



Quanto custa atualmente em média 1 kilo de chocolate artesanal nas principais lojas: AR$ 500

Quanto custa em média uma garrafa de um vinho razoável no supermercado: AR$ 150 

Quanto custa em média 1 Kg de doce de leite: AR$ 150

Quanto custa em média uma caixa com 6 alfajores: AR$ 150

Estimativa de gastos de comprinhas (bem por baixo): AR$ 1000 : 6 dias = AR$ 160 por dia



Pacotes de 7 noites a Bariloche (aéreo + hotel)

Foto: Aeropuertos.Net


Vamos supor que um pacote que inclua passagem aérea e hotel a Bariloche (7 noites) deveria estar oscilando entre 4000 e 9000 reais, neste caso um pacote que inclua um hotel de categoria média,  deveria estar custando uns 6000 reais. 

Sem dúvidas vale a pena contratar um seguro viagem, que deve estar custando entre 60 e 100 reais, é realmente importante viajar com um seguro por mais que a chance de usá-lo seja muito baixa, não economize com isso ainda mais se você irá praticar atividades na neve. Muitos pacotes já incluem algum seguro, o tour circuito chico e/ou Cerro Catedral e transfer de aeroporto, mas recomendo que perguntem ao seu agente de viagens no Brasil quanto realmente custa cada um destes  serviços para saber se compensa incluir no pacote ou somente comprar a passagem aérea e o hotel.



Considerações finais sobre os gastos:

Então, se somamos os gastos diários e agregamos mais 20 % (que especulamos que seja o aumento devido à inflação até julho de 2017), a minha conta ficaria assim:

1670 (passeios) + 700 (restaurantes) + 200 (roupa impermeável) + 160 (pequenas comprinhas) = AR$ 2730 + 20 % (inflação) = AR$ 3267 , se consideramos que no câmbio atual do Banco Nacion 1 real = 5,50 pesos, 3267 pesos equivalem a 594 reais, arredondando, passamos para R$ 600. 

Podemos dizer que um turista brasileiro que viajará a Bariloche na alta temporada de inverno deste ano (2017) gastaria  R$ 600 por dia em Bariloche aproveitando bem, comendo nos principais restaurantes e ocupando todos os dias com os passeios, com direito até a fazer a Noche Nordica, um dos passeios mais caros do inverno.

Agora temos que considerar que não é possível determinar só um valor, porque cada pessoa se organiza de uma maneira: Se irá ocupar ou não todos os dias com passeios, se irá ou não fazer a Noche Nordica, se irá ou não esquiar, em quais restaurantes irá comer, se irá comprar roupas ou acessórios de frio ou já viajará com tudo, se irá ou não comprar chocolate para toda a família, qual a qualidade da roupa que alugará, se terá ou não  gastos extras com transporte, enfim, a flexibilidade de gastos é enorme. Fora a temporada de inverno obviamente estes gastos diminuem, principalmente agora no verão.

Refazendo melhor os cálculos, se você me perguntar quanto
 deve levar para gastar por dia em Bariloche na alta temporada de inverno deste ano, eu te responderia o seguinte: entre 400 e 700 reais por dia. 

Se somamos 400 + 700 = 1100 podemos ter uma média  ao dividir este valor por 2, sendo o resultado 550 reais.

Concluindo, poderíamos ter uma idéia dos gastos gerais de uma viagem a Bariloche na alta temporada de inverno 2017  (passagem aérea, hotel, passeios e gastinhos em geral) por 1 pessoa que viajaría por 7 noites fazendo o seguinte cálculo: 550 x 6 = 3300 (gastos diários)+ 6000 (aéreo + hotel)= 

9300 reais no total é o que gastaria em média 1 pessoa adulta que pretende viajar em julho ou agosto a Bariloche. Importante: A devolução do imposto IVA (21%) em alojamentos para turistas estrangeiros não foi considerada nestes cálculos, leia mais sobre este assunto aqui. 

Obviamente é possível gastar menos, talvez  uns 6000 reais, mas a realidade é que Bariloche não é um destino econômico no inverno, igualmente não creio que seja o único destino de inverno que possua atividades na neve que não seja econômico. Esquiar nunca foi uma atividade barata em qualquer lugar do mundo, organizar outras atividades nas montanhas nevadas e estações tem um custo maior, seja para operar toda a estrutura ou para pagar os trabalhadores de temporada de zona fria, etc. Por outro lado, Bariloche não é só inverno, inclusive agora no verão é um destino muito buscado e freqüentado pelos turistas mochileiros (os europeus, israelitas, americanos, chilenos e argentinos são os que mais visitam a cidade) e também por pessoas que buscam organizar uma viagem mais econômica de várias maneiras (ex: se deslocam de ônibus publico, pedem carona,  acampam, se hospedam em alojamento mais simples ou ficam em albergues, fazem trilhas, alugam bicicletas, cozinham a própria comida, fazem pic nic na praia, etc). Quero dizer com isso que Bariloche não é um destino só para quem tem muito dinheiro, mas a realidade é que no inverno é mais complicado fazer uma viagem econômica como é possível no verão.

Quem veio a Bariloche no inverno do ano passado e desejar colaborar comentando aqui no blog o quanto gastou no total, será muito bem-vindo e importante para os outros leitores.

Para terminar esta longa e importante  postagem, vou repetir o que eu escrevi na postagem anterior para comunicar que no momento ainda não temos as tarifas e promoções estipuladas para o próximo inverno, neste caso peço um pouco de paciência às pessoas que me escrevem já querendo fazer as reservas dos passeios. Estou cadastrando os emails de todos que entram em contato para enviar futuramente as novidades sobre as reservas dos passeios e promoções. Se você viajará a Bariloche no meio do ano, não deixe de me enviar um email a sabrinapoinho@gmail.com solicitando receber as novidades.

Se você viajará agora no verão ou antes do inverno, também não deixe de entrar em contato comigo para agendar um atendimento na agência Bariloche Select Travel e organizar um roteiro de maneira personalizada. Seja assessorado por quem conhece Bariloche e de maneira gratuita, você somente pagará pelos passeios que reservar.



 Até a próxima postagem, prometo que será mais curta ;)



61 comentários:

  1. Olá Sabrina! Olá Pessoal!

    Ano passado fui a Bariloche e o blog da Sabrina e a SelectTravel me ajudaram de forma quase que exata!

    Todos os cálculos dela foram pertinentes. Acabou que ainda gastei um pouco menos do que eu havia calculado!

    Fomos eu, minha mulher e minha filha!

    Como foi nossa primeira viagem pra neve, não economizamos em nada, curtimos tudo que queríamos e sobrou um pouquinho ainda!

    Uma dica que dou é ficar de olho nas milhas aéreas. Por exemplo, sou de BH. Se eu comprar passagem de BH pra Bariloche, o valor ficaria o dobro da passagem saindo de São Paulo (GRU). Então, o trecho BH/SP fizemos com as milhas do cartão de crédito!

    Estou querendo voltar este ano de novo!!!

    Marcelo Dornas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo, obrigada pelo comentário e por ter confiado em nosso trabalho! Que boa notícia saber que você pretende voltar, tomara!

      Excelente a sua dica das milhas, se somamos isso com a devolucao do imposto IVA que entrou em vigência nesse ano, já dá uma amenizada nos gastos.

      Um grande abraço e esperamos revê-los novamente!

      Excluir
  2. Meu sonho...Adorei a postagem, dá p ter uma noção real dos custos. Espero realizar meu sonho em breve. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thays, que bom que voce gostou!

      Desejo que você realize o sonno de conhecer Barioloche!

      Beijos

      Excluir
  3. Nossa adorei as informações Sabrinam muito obrigada pelo esclarecimento, continue assim nós mantendo informados!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Heloiza, eu é que te agradeço por acompanhar o blog!

      Pode deixar que farei o possível para manter o pessoal informado!

      Beijos

      Excluir
  4. Simplesmente Perfeito o texto. Parabéns. Tudo muito bem explicado, correto, direto e verdadeiro.

    ResponderExcluir
  5. Como são os custos dos passeios para crianças? Tem alguma isenção ou desconto? Vamos com criança de 4 anos e 6 anos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Clara,

      Varia. Nas terrestres tradicionais, como o circuito chico, criancas nao pagam até 3 anos (de colo), mas acima desta idade todos pagam por igual. Nas navegacoes as criancas até 4 anos nao pagam, de 5 a 11 anos pagam a metade da tarifa que se paga a partir de 12 anos. Nos teleféricos criancas também pagam menos. Nos passeios de inverno, tipo Piedras Blancas, criancas até 12 anos pagam menos. Para eu nao me extender muito, se puder dá uma olhadinha aqui no blog nas tarifas de passeios de inverno do ano passado e nas atuais dos passeios tradicionais, abaixo te passo o link:

      http://www.barilocheparabrasileiros.com/p/aviso-importante-inverno-2015.html

      Beijos

      Excluir
  6. Em junho já é considerado alta temporada? Chego no dia 20/07 na cidade e quero aproveitar da melhor maneira possível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia,

      Teoricamente na última semana de junho estaria se iniciando a alta temporada, mas normalmente se gasta menos viajando nesta época. Por exemplo, os valores deste momento dos passeios tradicionais estarao vigentes até o dia 30 de junho, os valores somente aumentarao a partir de 1° de julho, que é quando está baseada a estimativa acima. Em 20 de junho, como é início do inverno, existe a possibilidade de nao todas as atividades de neve estarem sendo realizadas, mas tudo dependerá do clima. Se o clima e o acúmulo de neve contribuirem a que no final de junho sejam realizadas algumas atividades na neve, as mesmas seriam um pouco mais baratas do que de julho, um exemplo seria a caminhada a lagoa congelada, que é geralmente o primeiro passeio de inverno que acontece. Creio que os pacotes de alojamento e aéreo no final de junho sao um pouco mais em conta do que seria julho ou agosto também.

      Abs

      Um abraço

      Excluir
  7. Excelente o post! Parabéns mesmo. Vou para Bariloche em julho deste ano e gostaria de algumas dicas sobre as roupas... ano passado fui ao Chile nessa época tbm e já possuo 1ª e 2ª camadas... porém o frio em Santiago é seco, não neva na cidade, etc... que tipo de calçados, calças e blusas utilizar na cidade com neve, pra passear nas ruas ou ainda em passeios onde não se vá esquiar ou fazer skibunda? Há muitos posts na internet sobre roupas pra esquiar, aquelas que são alugadas; porém não encontrei posts claros sobre roupa do dia a dia para usar em locais com neve... quando eu sair à noite pelas ruas para fazer compras, jantar em restaurante, etc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Edinho, obrigada!

      Em Bariloche ocorre algo parecido, as roupas impermeáveis ou de neve sao usadas geralmente nas montanhas onde se realizam as atividades de neve ou ainda para quem vai só para conhecer. Na cidade, onde dificilmente se acumula neve, usamos roupas normais de inverno, tipo calças jeans com segunda pele térmica por baixo, botas de couro ou tênis com meia térmica, casacos ou jaquetas bem agasalhadas, blusas de manga comprida, gorros, cachecóis, luvas mais finas, enfim, nao há necessidade de usar a roupa de montanha. Mas é claro, pode ocorrer esporadicamente no inverno que neve ou chova na cidade, neste caso se você tiver uma bota impermeável será melhor usar, até mesmo uma jaqueta com capuz impermeável, pode ser até mesmo a que você alugou. A necessidade irá surgindo de acordo a sua resistência ao frio e ao que acontecerá com o clima no momento que você estiver na cidade, nao é o mesmo um dia de inverno com sol do que com chuva ou até mesmo com uma forte nevada. Nao dá para padronizar 100 % como se vestir, mas geralmente na cidade, para sair para jantar e passear pela cidade, basta roupas normais de inverno (ex:botas de couro, meias térmicas, jaquetas, calça jeans, blusa térmica, suéter, gorro e luvas).

      Mais adiante estarei divulgando as novidades para o inverno que vem e enviando aos meus contatos por email, entre elas informações sobre as reservas dos passeios e promoções. Se desejar me envie um email para que eu já te inclua entre os contatos.

      Um abraço

      Excluir
    2. Muchas Gracias! Já me esclareceu bastante sobre os tipos de roupas... já tenho tudo, graças a Deus! kkkk
      Anteriormente já enviei um e-mail pra vc, mas caso não tenha cadastrado-o, segue novamente: edbraca@yahoo.com.br
      Aguardo seus e-mails com os passeios e promoções. Voy a estar en Calle Mitre cerca de su agencia.
      Hasta Luego!

      Excluir
    3. Sabrina, boa tarde!

      Gostei muito das suas dicas. Vou para bariloche em Julho deste ano. Peço que me inclua nos seus contatos para informar novidades e promoções de todos os tipos: tec.luissoares@gmail.com

      Abraços.

      Excluir
    4. Bom dia Luis, que bom, obrigada por acompanhar o blog!

      Já te adicionei no listado de pessoas que viajarão no próximo inverno para te manter informado sobre qualquer novidade da agência.

      Um abraço

      Excluir
  8. Olá Sabrina.. tenho uma viagem marcada para julho no dia 24 ao dia 28... me inclua nos seus contatos para que eu possa ter informações. Obrigado. Com certeza agendarei com você na agência.Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Marcos, já recebi o seu email e te incluí entre os contatos para te manter informado sobre o inverno.

      Um abraço

      Excluir
  9. Muito boa a matera e dica de passeios, estive em Bariloche em ago 2016 e ja estou com quase tudo pronto para a volta novamente em ago desse ano de 2017,
    Gostaria de partilhar quais meus custos para quem interessar:
    Viajei com amigos, entao os gastos sao de apenas 1 pessoa(eu)

    Aereo saindo de sp: 1750 reais
    Apart pelo booking: 1700 reais por 9 noites, c iof do cartao incluido.
    Aluguel de carro: 1000 reais p. Cada passageiro para 7 dias.
    Roupas e segunda peles: 600 reais
    Alimentacao, passeios e compras de chocolates p trazer de lembrança p familiares e tudo mais: 3400 reais ou 1000 dolares.
    Deu para fazer muitos passeios c direito a 4 dias de snow, almocar e jantar fora praticamente todos dias sem
    Economia e compras basicas.

    Recomendo visitar a cervejaria patagonia, 30 minutos de carro do centro de bariloche por um roteiro espetacular.

    Espero ter ajudado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada, excelente os seus dados!

      Um abraço

      Excluir
    2. Hola Sabrina! Cómo estás? Seria muito interessante um passeio pra cervejaria Patagônia, hein! Vocês organizam? Sou homebrewer (hobby) e gosto muito desses assuntos cervejeiros... kkk

      Excluir
    3. Bom dia Edinho!

      Você vai adorar Bariloche, a cidade tem muitas cervejarias artesanais, inclusive no centro. A cervejaria Patagonia está bem afastada do centro, dentro do circuito chico, mas nao organizamos transfer para lá, mas é uma idéia a se pensar.

      Um abraço

      Excluir
  10. Sabrina. Eu queria fazer um passeio de Snowmobile, sem ser o passeio da coche nórdica, que eles cobram MUIIIIto dinheiro. Sabe onde aluga?
    Eles cobram 2900 por pessoa. Até pelo passageiro(esposa) que vai no banco de trás? é bem caro. So queria alugar para dar uma volta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Anderson,

      Todos os passeios noturnos que incluam motos ou quadriciclos de neve possuem jantares e a mesma faixa de tarifas. É bem mais econômico fazer só o circuito de quadriciclo durante o dia, sem comida inclusa, sao os mesmos quadriciclos usados para fazer a Noche Nordica. Neste caso se paga por quadriciclo, que tem capacidade para 2 pessoas, ficando bem mais em conta. Também o La Cueva tem os circuitos de moto de neve durante o dia, sem comida.

      Na Noche Nordica, La Cueva ou El Refugio de Arelauquen é o jantar é o que encarece a tarifa, em todos eles se paga por pessoa, nao por casal.

      É bom esclarecer que o valor de 2900 pesos que você citou foi no ano passado, para a próxima temporada de inverno imagino que estes passeios estarao uns 20 % mais caros. Ainda nao nos passaram as tarifas, estarei divulgando aqui no blog assim que as tiver e enviando aos meus contatos por email.

      Um abraço

      Excluir
    2. Sabrina,

      Achei interessante a opção de fazer o passeio de quadriciclo na neve de dia invés da noite nórdica (que em 2017 sairá por uns 700 reais por pessoa).
      Vocè saberia dizer o custo aproximado deste passeio em 2017 para um casal supondo um casal que vá no mesmo quadriciclo?
      E você sabe o nome da empresa ou site que faz esse passeio de dia?

      Muito obrigado pelas dicas!

      Excluir
    3. Boa noite Guilherme.

      O circuito diurno de quadriciclo custa por casal 1200 pesos e além disso, você teria mais gastos de traslado. Reservamos esta atividade do centro de Ski Nordico na agência, lembrando que os valores sao tabelados e você poderá encontrar as tarifas oficiais aqui no blog.

      Um abraço

      Excluir
  11. Útil define perfeitamente seu blog Sabrina, muito obrigada. Inclusive vi que alguns passeios como o cerro campanario podem ser feitos de ônibus público.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Giovanna, obrigada! Esta é a idéia!

      Sim, é possível chegar na base do teleférico do Campanário pegando um ônibus, também o campanario é uma das paradas do circuito chico, que é um passeio guiado, enfim, a escolha dependerá do que cada pessoa priorize.

      Beijos

      Excluir
  12. Esse valor é total foi referente a 1 pessoa ou uma viagem de casal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Leandro, fiz uma estimativa por pessoa, é importante esclarecer que é uma estimativa, nao é o único valor para poder viajar a Bariloche, é um exemplo para uma viagem para aproveitar todos os dias com os melhores passeios em plena alta temporada de inverno somente (nao é para outras épocas) durante 7 dias. Obviamente o valor para um casal seria um pouco menos, já que nos pacotes o quarto calculado para duas pessoas é menor do que para uma.

      Um abraço

      Excluir
  13. Bom dia a todos!

    Muitas pessoas gostaram desta postagem e entenderam o objetivo dela. Igualmente teve alguns comentários lá no facebook de pessoas que disseram que o valor que calculei é absurdo. Respeito a opinião de cada pessoa e aceito críticas, mas tenho que esclarecer que algumas vezes sinto que o texto não é bem interpretado e por isso aproveito para esclarecer a idéia desta postagem. O objetivo do texto é dar uma ferramenta para cada pessoa poder calcular os próprios gastos de acordo à própria realidade, o que dá trabalho, tem que pensar e pesquisar muito. Obviamente nao existe um valor absoluto de gastos em uma viagem, dei 1 EXEMPLO somente, as variáveis de valores dos gastos de uma viagem sao muitas. O valor é um exemplo de estimativa de gastos para aquelas pessoas que me perguntam: Quanto eu gastaria em Bariloche na ALTA TEMPORADA DE INVERNO ficando em um bom hotel e aproveitando bem todos os dias com os melhores passeios? Se baseando neste exemplo e pesquisando com paciência, cada pessoa poderá estimar os gastos de acordo às próprias possibilidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sabrina, você tenta ajudar e as pessoas ainda reclamam???
      Falta do que fazer...
      Gostaria de agradecer por todas as dicas e espero que possa ser nossa guia, caso consiga colocar meus planos em prática. Te mandei um e-mail.
      Parabéns por compartilhar seu conhecimento.
      Abraços, Michelle.

      Excluir
    2. Olá Michelle, obrigada à você por acompanhar o blog!

      Um beijo grande e nos vemos em Bariloche! ;)

      Excluir
  14. Muito esclarecedor ! Como vc mesmo disse foi estabelecido um parâmetro !!! Vou com meu marido em agosto 12/08 a 19/08 e me ajudou bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Iracema, que bom que te ajudou, esta é a idéia!

      Beijos

      Excluir
  15. Olá , Sabrina, estou programando viajar em julho deste ano, vou com uma criança de 11 anos e uma adolescente de 13 anos. Você poderia ajudar na escolha e compras dos passeios? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde,

      Dá uma lidinha na última postagem do blog publicada ontem onde comentei sobre passeios com crianças, issote ajudará a já ir tendo em mente o que fazer.

      Por favor, me envie um email a sabrinapoinho@gmail.com para que eu o possa adicionar entre os meus contatos e te avisar quando tiver alguma novidade da agência para a temporada de inverno, incluindo as tarifas e reservas.

      Abs

      Excluir
  16. Bom dia Sabrina!
    Achei também muito bom seu site, nos ajuda a ter uma ideia bacana do local, gastos, etc..
    Tenho uma dúvida um pouco diferente, não sei se poderia me ajudar.
    Qual o valor em peso argentino que podemos entrar no país? É melhor já levar a moeda trocada daqui ou trocá-la lá?

    Desde já agradeço pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, obrigada!

      Que eu saiba, o limite para de um modo geral para viajar ao exterior seria 10000 dólares. Geralmente nao compensa comprar pesos nas casas e câmbio no Brasil, deixe para trocar os reais ou dólares por pesos na Argentina.

      Beijos

      Excluir
  17. Olá Sabrina boa noite. Eu e uma amiga pretendemos ir a Bariloche na 3ª semana de julho. Como antes vamos a Buenos Aires, ficaremos apenas uns 3 dias em Bariloche. Você poderia por favor me passar algumas sugestões de passeios e uma estimativa de valores para esses 3 dias? Ahh me inclua na lista do inverno tbm patty_matoso4@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Patricia,

      Ainda falta a confirmação de várias tarifas dos passeios de neve. A escolha de um roteiro e depende muito da personalidade de cada pessoa ou grupo, em Bariloche tem muitas opções para diferentes perfis, três dias é realmente pouco diante de tantas possibilidades (gostariam de esquiar ou não, fazer atividades na neve tipo ski bunda, caminhadas no bosque, tours tradicionais para curtir a paisagem, passeios noturnos na montanha com jantar, navegar etc). Dá uma pesquisada aqui no blog sobre os passeios para te ajudar a decidir.

      Já te adicionei no listado de pessoas que viajarão no próximo inverno para te manter informada sobre qualquer novidade da agência.


      Um abraço

      Excluir
  18. Olá! Viajarei com meu marido no fim de agosto, início de setembro e ficaremos 2 dias em BAs e 3 dias em Bariloche. Gostaríamos de cotação para passeio de teleférico ao Cerro Catedral e Circuito Chico. Poderia me enviar no email: kimi_rj@hotmail.com
    Agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Kimi,

      Te comento que por enquanto estamos desenvolvendo idéias e a armando a nossa campanha para a temporada de inverno, ainda estamos aguardando a confirmação das tarifas de alguns passeios, transfers, avaliando parcerias com lojas de aluguel de roupas de neve e avaliando qual será a forma de pagamento do exterior para iniciarmos as reservas antecipadas. Mais adiante estarei divulgando as novidades da temporada de inverno e enviando aos meus contatos por email, entre elas informações sobre as reservas e valores. Já te adicionei no listado de pessoas que viajarão no próximo inverno para te manter informada sobre qualquer novidade da agência.


      Vamos nos falando e não preciso nem falar que será um prazer recebê-los em Bariloche!

      Um abraço

      Excluir
  19. Bom dia Sabrina! Gostei bastante das informações contidas no seu blog. Estamos programando uma viagem a Bariloche entre os dias 03 e 10 de setembro/17, vamos em um grupo de 13 pessoas, sendo 8 adultos e 5 crianças (2 - 7 anos), temos interesse de fechar alguns passeios, vocês possuem whatzap? meu email de contato é rafabacellar@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Rafhael, obrigada por acompanhar o blog!

      Assim que tiver qualquer novidade mais concreta sobre as reservas da agência estarei te enviando um email, já te adicionei na lista de contatos. Ainda faltam definir algumas tarifas de inverno, mas dependemos de alguns prestadores de serviços e não iniciamos as reservas. Por enquanto somente foram divulgadas as tarifas dos passeios tradicionais terrestres, vigentes a partir do dia 1° de julho até 31 de dezembro, veja no link abaixo:

      http://www.barilocheparabrasileiros.com/2017/04/tarifas-dos-passeios-terrestres-de.html

      Provavelmente faremos uma página bem prática para as reservas dos passeios de inverno, que já terá as tarifas oficiais à disposição.

      Qualquer consulta é só me enviar um email a sabrinapoinho@gmail.com, onde estou centralizando o atendimento. o whatsapp eu estou usando para consultas mais breves e urgentes.

      Vamos nos falando,

      Um abraço

      Excluir
  20. Olá, muito boa suas dicas !!!
    Vou viajar pela primeira vez para Bariloche em Agosto quero fazer alguns passeios você pode incluir o meu email também!
    manuelabadu@hotmail.com

    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  21. Oi Sabrina é melhor levar peso ou dollar? Com o peso poderei comprar para esquiar,alugar roupas e restaurantes? Qual melhor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite,

      Geralmente tem compensado trazer reais e dólares em notas grandes para trocar na Argentina, mas com este escândalo do Temer, o mercado financeiro está instável e é difícil responder esta pergunta com exatidão. O que sim posso te dizer é que geralmente não compensa comprar pesos no Brasil.

      Abs

      Excluir
  22. Oi Sabrina!

    Parabéns pelo blog e pela paciência em esclarecer duvidas de todos.
    Eu e o marido estamos indo pra Bariloche no próximo dia 21 de junho, chegamos ai por volta das 17h e ficaremos até o dia 30. Da tempo de fazer muita coisa, né!?
    Já li por aqui que vc prefere q as pessoas vão até a agência ao chegar para decidir o melhor pacote de passeios... faremos isso.
    Só preciso saber até que horário a agência fica aberta, assim me organizo pra visitá-los dia 21 mesmo.
    Ah! Me inclua na sua lista de e-mails do inverno 2017, por gentileza!
    ( annapaula10lemes@gmail.com )

    Agradecida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Anna Paula, obrigada!

      Eu adicionei o seu email na minha lista de contatos para te enviar qualquer novidade importante da agência.

      O horário da agência de agora até agosto é de segunda a sábado, das 9 às 21 hs e aos domingos, das 15 às 21 hs.

      Esperamos por vocês em Bariloche! :)

      Excluir
  23. Sabrina, boa tarde!

    Gostei muito das suas dicas. Vou para bariloche em Agosto deste ano. Peço que me inclua nos seus contatos para informar novidades e promoções de todos os tipos: mctmateus@gmail.com

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Mateus, obrigada por acompanhar o blog!

      Já adicionei o seu email entre os meus contatos.

      Na fan Page do blog você poderá ir vendo as fotos atuais dos passeios, estar por dentro das novidades da temporada e ver informações sobre o que está acontecendo com o clima, é só entrar no link abaixo, não deixe de curtir também a página:

      https://www.facebook.com/barilocheparabrasileiros/


      Te esperamos em Bariloche!

      Excluir
  24. Olá Sabrina ótimas dicas , me add tb. Lrlouvain@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Leandro, obrigada!

      Eu já adicionei o seu email na minha lista de contatos para te enviar qualquer novidade importante da agência.

      Na fan Page do blog também poderá ir vendo as fotos atuais, novidades e informações sobre o que está acontecendo com o clima, é só entrar no link abaixo e não deixe de curtir também a página:

      https://www.facebook.com/barilocheparabrasileiros/


      Esperamos por vocês em Bariloche!

      Excluir
  25. Olá Sabrina, pretendo viajar dia 5 de outubro ficando 6 dias em Bariloche.
    Gostaria de saber se é previsto uma redução de preço significativa nessa época que possa alterar tua estimativa de 550 reais por dia.

    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, reduz sim, afinal o mais caro sao os passeios e atividades de inverno e sempre viajar em alta temporada é mais caro, outubro é considerada baixa temporada e já estamos na primavera.

      Abs

      Excluir
  26. OI , SABE DIZER QUAL A COTAÇÃO DO REAL HOJE NO BANCO NACION?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia.

      Cotação oficial do real na Argentina (Banco Nacion):

      http://www.infodolar.com/cotizacion-real-entidad-banco-nacion.aspx

      Abs

      Excluir
  27. Olá Sabrina, bom dia! Eu e meu marido estamos com viagem marcada para Santiago (3 dias) e Bariloche (4 dias) para junho do ano que vem. Fechamos o pacote com vôo, hotel, translado, seguro e passeios em Santiago. Quanto devemos levar em reais para curtir bem essas cidades? É melhor levar real ou dólar? Adiciona o meu e-mail, bellinha_354@hotmail.com, vou adorar receber suas dicas! Abs, Isabella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Isabella.

      Nao saberia te dizer como sao os gastos em Santiago e no caso de Bariloche, a postagem acima te ajudará a ter uma idéia. Mas é importante esclarecer que devido à inflacao na Argentina, é difícil prever gastos com meses de antecedência à viagem, até mesmo porque nao sabemos nunca o que acontecerá com a economia do país.

      Bjs

      Excluir