quinta-feira, 17 de março de 2016

Quais passeios fazer com as crianças em Bariloche no inverno?

Bariloche, principalmente nas férias escolares do meio do ano e em plena temporada de inverno, é uma cidade que recebe a muitas famílias cujo principal objetivo é curtir a neve. Muitos leitores e clientes que me escrevem perguntando quais os passeios que poderiam fazer com os filho pequenos. Para responder isto é importante considerar vários fatores e a escolha das atividades, depende muito do bom senso dos pais. O principal a considerar é a idade da criança e o seu perfil.


ski bunda da confeitaria giratória do Cerro Otto

Piedras Blancas

As crianças ou bebês de meses a 3 anos não pagam os passeios, mas por outro lado é importante considerar que muitas atividades no inverno ou excursões muito longas não são aptas para esta idade. A realidade é que muda tudo ao viajarmos com crianças pequenas, já que a vontade dos adultos deixa de ser prioridade. O que eu recomendo para famílias com bebes são os passeios de meio período, por exemplo: ir à confeitaria giratória do Cerro Otto, passear meio período no Cerro Catedral, a segunda saída da navegação a Isla Victoria e Bosque de Arrayanes, o ski bunda de Piedras Blancas que tem uma pista para crianças de até 3 anos e o Circuito Chico. Outro passeio interessante para fazer em família é ir a Villa La Angostura e Cerro Bayo, mas cada família deve considerar se os pequenos agüentariam estar todo dia fora e de deslocar quase 90 Km. A verdade é que a resistência das crianças varia muito dependendo do estilo de vida que levam, por exemplo, tem pais que vão à montanha fazer trilhas com o bebe em uma mochila, isto ocorre muito no caso da caminhada a lagoa Congelada do Neumeyer, que também oferece uma caminhada com raquetes um pouco mais curta à tarde. Lembrando que além das caminhadas, o Espaco Neumeyer também oferece o ski bunda.

Caminhadas Neumeyer

Já as crianças a partir de 4 anos pagam os passeios (com exceção da navegação a IslaVictoria e Bosque de Arrayanes, na qual até 4 anos não paga), apesar de que em alguns as tarifas são diferenciadas para crianças com idades até 11 ou 12 anos. Além dos passeios citados anteriormente (Piedras Blancas, confeitaria giratória, Isla Victoria e Arrayanes, etc), também são recomendadas para as crianças um pouco maiores algumas atividades como o ski, caminhadas com e/ou sem raquetes e quadriciclos ou motos de neve. Obviamente, tudo depende do bom senso dos pais em saber se o filho realmente gostaria ou tem perfil de fazer determinadas atividades. Por exemplo, se o seu filho dá três passos e já pede colo, não é recomendado levá-lo para fazer caminhadas na neve, como as organizadas pela Roca Negra e o Espaço Neumeyer.




No caso do ski, recomendo para as famílias com crianças que optem por fazer aulas semi- exclusivas, a mesma comporta um mínimo de 4 pessoas e adultos e crianças aprendem e praticam juntos. Se são 3 ou menos os integrantes da família, a aula privada é o mais indicado. Para fazer as aulas coletivas de ski ou snow no Cerro Catedral, a idade mínima é 12 anos e a mesma não é recomendada para quem quer aprender bem e aproveitar a aula, é indicada para quem quer matar a curiosidade. Outra boa opção para praticar em família é o ski nórdico, no Centro de Ski Nordico, já que não é necessário estar subindo e descendo teleféricos. Se você não quer esquiar, mas somente acompanhar os seus filhos a darem os primeiros passos no ski, o Winter Park pode ser uma boa opção e é um lugar mais tranqüilo para aprender. No Cerro Catedral, a maior estação de ski da América Latina, tem várias escolinhas infantis, mas os pais devem considerar que os filhos deverão ser deixados com os professores e com outras crianças, você não poderá estar todo o tempo com o seu filho, é como se fosse uma creche e até são servidas merendas e/ou almoço.



Dizem que a idade mínima para aprender a esquiar é 3 anos, mas eu particularmente acredito que uma criança nesta idade pouco aproveitará atividade, ainda mais se não for manter a freqüência da prática posteriormente, como ocorrem com as crianças que vivem em Bariloche. Aprender a esquiar não é algo tão simples como fazer o ski bunda ou fazer uma guerrinha de neve, que são atividades acessíveis a todas as idades. Creio que a partir dos 5 anos e se for do perfil da criança, seria uma idade para dar os primeiros passos no ski, mas esta é uma opinião pessoal minha e não pode ser parâmetro.


Para quem não deseja esquiar, vale ressaltar que o Cerro Catedral também oferece outras atividades como o ski bunda, snow tubing (bóias de neve), bicicleta de neve, tem um kids Club, teleféricos,  restaurantes e confeitarias, lojinhas, enfim, é um lugar para ser visitado mesmo que ninguém da sua família queira esquiar. Existe uma excursão ao Cerro Catedral de meio período que dura das 13 as 17 hs que pode ser combinada com o Circuito Chico.


Cerro Catedral (Foto: Catedral Alta Patagonia)


Se você está louco para conhecer o Vulcão Tronador e ir a San Martin de Los Andes pela Rota dos 7 Lagos e estará com crianças, considere que estes passeios são longos e o principal objetivo é desfrutar da paisagem e aprender sobre o lugar com um guia, coisas que importam muito pouco a uma criança e até podem gerar mal estar nelas e também nos outros turistas. A navegação a Isla Victoria e Bosque de Arrayanes também é uma excursão para curtir a paisagem, mas eu a recomendo para famílias com crianças pequenas porque além da navegação, que é novidade para muitas crianças, é muito especial para elas ver as gaivotas e alimentá-las com biscoitos,sem falar que as caminhadas são bem acessíveis.




Se o seu filho adora passear na estrada e não estará inquieto por estar 1 hora dentro de uma van, recomendo como excursão terrestre ir a Villa La Angostura e ao Cerro Bayo, onde também é possível ter contato e brincar na neve. O Circuito Chico dura só 3:30 e apesar de ser como um “city tour” natural e a carta de apresentação de Bariloche, o que importa muito pouco às crianças, também é recomendável por sua curta duração e também porque as pessoas que visitam a cidade pela primeira vez merecem fazer. Nesta excursão, as crianças encontrarão cachorros São Bernardo e também poderão se divertir subindo pelas “cadeirinhas” do Cerro Campanário.


Villa La Angostura

Circuito Chico

Vale lembrar que por segurança a idade mínima para andar nos quadriciclos ou motos de neve é a partir dos 5 anos. Dos passeios noturnos, a Noche Nordica e o El Refugio possuem tarifas diferenciadas para menores até os 11 anos, o La Cueva possui uma única tarifa para todos. A escolha de levar ou não o seu filho para um passeio noturno mais uma vez depende do seu bom senso, ninguém melhor do que você para saber se ele irá aproveitar, se não se cansará, se vai dormir no meio do jantar, enfim , pela minha experiência, tenho atendido a famílias que levam a criançada para vivenciar esta experiência noturna na montanha  e outras que não, justamente por ser à noite.

Nas tarifas que estão aqui no blog poderão ver os passeios nos quais existem valores diferenciados para adultos e crianças. Como poderão observar no listado (veja aqui), nos passeios terrestres tradicionais que são guiados e alguns transfers, crianças a partir de 4 anos pagam o lugar na van ao mesmo valor dos adultos e crianças até 3 anos, não pagam. São eles: Circuito Chico, Cerro Catedral, Tronador, San Martin de Los Andes pela Rota dos 7 Lagos, Villa La Angostura e Cerro Bayo, transfer a Piedras Blancas, transfer ao Catedral, transfer ao Winter Park, transfer ao Centro de Ski Nordico.

Alguns passeios que você poderá levar o seu filho de maneira independente: Confeitaria Giratória do Cerro Otto, pistas de patinação no centro, Museu do Chocolate, tobogã do Cerro Viejo e o Parque Nahuelito.




Os valores dos passeios de inverno ainda não foram estabelecidos, portanto, não há correria para reservar sem antes saber as tarifas, isto vale também para os passeios mais exclusivos que muitas pessoas ficam com medo de não encontrar lugar. Em breve estaremos iniciando as reservas e divulgando os preços, não deixem de entrar em contato para receber as novidades, é só enviar um email a sabrinapoinho@gmail.com comentando sobre a data da sua viagem.

Também não deixem de curtir a fan page do blog para estar por dentro das novidades, clique aqui

Até a próxima!





19 comentários:

  1. Irei para Bariloche na última semana de Junho (27/30) e iremos em família... Tenho um filho de 16 e uma pequenina de 5... Gostaria de receber seus pacotes de passeio para essa época, levando em consideração que pretendemos alugar um carro para fazermos os passeios sem muito compromisso...
    Gosto muito desse blog e fico sempre ligado com as informações, mandei um e-mail para vocês a um tempinho atrás...
    Fico no aguardo de seus pacotes... Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Alexandra, obrigada por acompanhar o blog!

      Pode deixar que eu já tenho o seu email entre os meus contatos e assim que tiver alguma novidade sobre as tarifas de inverno, te avisarei por email.


      Um abraço e Feliz Páscoa!

      Excluir
  2. Bod dia ! Estou querendo ir dia 23/06 e voltar dia 28/06 vc acha muito arriscado estou indo com meu marido e um menino de 11 anos e uma de 4,6 anos para esquiar , que hotel vc sugere ?Pensei em ficar no lao lao porem me falaram de um no centro na beira de um lago ?? grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde,

      No final de junho, se nada fora do normal acontecer com o clima, já devería estar funcionando nem que seja parcialmente as estacoes de ski. Mas a realidade é que quando se trata de clima, sempre existe um risco, a natureza nao é matemática.

      Como cada pessoa tem um gosto para escolher um alojamento, não costumo recomendar nenhum específico, mas te passo o link do meu blog onde comento sobre alguns deles:

      http://www.barilocheparabrasileiros.com/2015/10/hoteis-em-bariloche-como-escolher-onde.html

      O Llao Llao é o hotel mais emblemático da cidade, mas antes de decidir ficar nele considerem a distância, ele está bem afastado do centro.

      Qualquer outra consulta é só me enviar um email.

      Beijos

      Excluir
    2. Boa tarde,

      No final de junho, se nada fora do normal acontecer com o clima, já devería estar funcionando nem que seja parcialmente as estacoes de ski. Mas a realidade é que quando se trata de clima, sempre existe um risco, a natureza nao é matemática.

      Como cada pessoa tem um gosto para escolher um alojamento, não costumo recomendar nenhum específico, mas te passo o link do meu blog onde comento sobre alguns deles:

      http://www.barilocheparabrasileiros.com/2015/10/hoteis-em-bariloche-como-escolher-onde.html

      O Llao Llao é o hotel mais emblemático da cidade, mas antes de decidir ficar nele considerem a distância, ele está bem afastado do centro.

      Qualquer outra consulta é só me enviar um email.

      Beijos

      Excluir
  3. Oi Sabrina. Estarei ai ni dia 25 com meus filhos. A maior preocupação é. Moro em Petrolina. Quente demais. Como as crianças reagem ao frio daí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Marineide,

      As criancas reagem bem ao frio quando estao com as roupas adequadas, ainda mas na montanha, nao deixe de trazer roupas térmicas e acessórios de frios, como gorro e cachecol e luvas.

      Beijos

      Excluir
  4. Boa noite sabrina estou indo a barilche em agosto com meu marido e dois filhos, gostaria de dicas de bons restauranges e cafes mais locais com comida boa , nao costumo gostar de restaurantes muito turisticos, meu email e maylasilva7@gmail.com.
    Quanto a esquiar o cerro catedral nests periodo e muito cheio?
    Obrigada mayla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Mayla, te passo um link do blog para ler sobre restaurantes:

      http://www.barilocheparabrasileiros.com/search/label/Restaurantes%20em%20Bariloche

      Alguns restaurantes turisticos também sao bons e frequentados por residentes, nao tem muito como fugir aqui do contato com turistas nesta época.

      Agosto ainda tem movimento no Cerro Catedral, mas um pouco menos que em julho.

      Não preciso nem falar que será um prazer recebê-los pessoalmente em Bariloche.

      Um abraço

      Excluir
  5. Boa tarde Sabrina!

    Pretendo ir para Bariloche na primeira semana de Julho, com uma bebê de 10 meses. Você acredita que seja viável?

    O que você mais recomenda e o que não sugere de maneira alguma?

    Obrigado!

    Guilherme

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Guilherme, te enviei um email.

      Abs

      Excluir
  6. Ola Sabrina gostei muito do post,

    Pretendo ir para bariloche em meados de 20/08/2017 com marido filha de 2 anos e meio e a outra de 15, em agosto ainda tem bastante neve neh?
    Quais passeios vc recomenda para agradar ambas as idades?

    Meu e-mail é priscilatessare@hotmail.com

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Priscila,

      Os passeios citados acima sao os que agradam a todas as idades de um modo geral, mas possivelmente a sua filha adolescente desejará aprender a esquiar ou a fazer snow, é normal nesta idade. Obviamente 2 anos ainda é muito cedo para aprender este tipo de atividade, mas igualmente poderao ir todos juntos à mesma estação e por exemplo, você ou o seu marido fazem aula com a filha mais velha e o outro fica passeando e cuidando a filha de 2 anos.

      Já adicionei o seu email aos meuss contatos para te manter informada sobre as novidades das reservasdos passeios de inverno.

      Beijos

      Excluir
  7. Gostaria de saber o melhor lugar pra uma criança de 5 anos esquiar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia,

      Considerar um lugar melhor é muit relativo, mas um lugar mais tranquilo e menor só para principiantes para ir com criancas, poderia ser o Winter Park que está dentro do complexo Piedras Blancas, no Cerro Otto.

      Bjs

      Excluir
  8. ola tarde Sabrina!

    Pretendo ir para Bariloche com minha filha de 8 anos e com o meu pai.

    Tenho flexibilidade de data a apartir do dia 19 de junho até 15 de julho.

    Gostaria de saber o periodo mais barato e se voces indicam melhor voo e hotel.
    Alem de indicações de passeios.

    Meu email é mlroldao@gmail.com

    aguardo seu retorno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia!

      Nao tenho como te indicar o melhor voo e hotel, na realidade buscar por isso requer muita pesquisa e depende do que cada pessoa esteja buscando, da cidade que você vive, etc. Trabalhamos principalmente com as reservas dos passeios, transfers e atividades de Bariloche e ocasionalmente com reservas de alguns hotéis, por enquanto não vendemos pacotes de alojamento e passagem. Dá uma pesquisada nos valores de hotéis e passagens aéreas por internet em páginas como decolar, booking, trivago, expedia, submarino, trip advisor e das companhias aéreas, Aerolineas Argentinas e Latam, que são as que chegam até Bariloche de maneira regular. Também não deixe de pesquisar os pacotes com passagem nas agências da sua cidade.

      Como cada pessoa tem um gosto para escolher um alojamento, não costumo recomendar nenhum hotel específico, mas te passo o link de uma publicação do meu blog onde cito alguns exemplos de alojamentos:

      http://www.barilocheparabrasileiros.com/2015/10/hoteis-em-bariloche-como-escolher-onde.html

      Creio que a melhor maneira de escolher um hotel seria lendo várias resenhas e avaliações na internet das pessoas que já se hospedaram nos hotéis e entrando nas páginas de cada um, dá uma pesquisada nos valores de hotéis em diferentes páginas na internet.

      Também te passo o link do meu blog onde poderá encontrar alguns exemplos de roteiros bacanas que oferecemos na agência:

      http://www.barilocheparabrasileiros.com/p/sugestoes-de-roteiros-para-o-inverno-em.html


      Seria mais barato viajar antes de julho, mas em junho o que acontece com o clima ainda é indefinido, leia na postagem abaixo sobre este assunto:

      http://www.barilocheparabrasileiros.com/2016/02/bariloche-em-junho-ou-setembro-sera.html

      Já te adicionei no listado de pessoas que viajarão no próximo inverno para te manter informada sobre qualquer novidade da agência. Provavelmente faremos uma página bem prática para as reservas antecipadas dos passeios de inverno que já terá as tarifas oficiais à disposição.

      Um abraço

      Excluir