sábado, 22 de novembro de 2014

Atividades de aventura em Bariloche - Navegar de caiaque é preciso!

Hoje deixo uma dica para aquelas pessoas que viajarão a Bariloche, andar de caiaque é uma das atividades mais prazerosas para realizar principalmente nesta época, recomendada inclusive para quem nunca realizou este esporte.  Quando foi a última vez que você fez algo por primeira vez?

O Lago Gutierrez é um dos melhores da região para fazer caiaque já que pela sua localização está mais protegido do vento, sem contar a espetacular paisagem pela qual está rodeado.







Quando decidem realizar esta atividade, podem escolher entre saídas de meio dia (principalmente os marinheiros de primeira viagem) ou saídas mais longas que podem ser de dia completo ou expedições de vários dias, a escolha dependerá do perfil de cada um. Vale lembrar que as saídas são seguras, sempre lideradas por um guia especializado e contam com todos os elementos de segurança.

Para as pessoas que estarão por chegar a Bariloche, se desejarem marcar um encontro comigo é só entrar em contato com o email sabrinapoinho@gmail.com, desta maneira nos encontramos para armar um roteiro bem bacana de acordo ao seu perfil.


Espero por vocês e que tenham um lindo fim de semana!


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

As 1000 milhas de Bariloche, a história viva do automobilismo na Patagônia




Bariloche é a sede deste evento de grande importância histórica para os amantes do automobilismo, que neste ano está sendo realizado do dia 19 até 23 de novembro. As 1000 milhas é considerada uma das provas de regularidade mais exigentes do mundo e forma parte do calendário anual da FIVA.
Quem estiver por Bariloche neste fim de semana poderá presenciar pelas ruas verdadeiras jóias, diversos modelos de carros sport clássico que possuem grande importância histórica. São mais de 160 carros participantes vindos de todas as partes do mundo.







Alguns dos lugares transitados que fazem parte da competição são o Circuito Chico, a Rota dos 7 Lagos e cidades como Villa La Angostura, San Martin de Los Andes e El Bolson, algumas das localidades que os turistas podem conhecer quando visitam Bariloche. Nos três dias de evento as largadas serão realizadas desde o Llao Llao, o hotel de maior importância histórica e o mais luxuoso de Bariloche.

Para saber mais informações sobre as 1000 milhas de Bariloche, entrar na página http://www.1000millas.com.ar/default.aspx


Bom fim de semana!


sábado, 8 de novembro de 2014

Bariloche, a Capital Nacional do Turismo Aventura na Argentina



Bariloche é muito frequentada no inverno pelos brasileiros, principalmente pelos que querem se iniciar no ski, fazer outras atividades ou simplesmente conhecer a neve, afinal não temos esta possibilidade no Brasil. Sempre falo para as pessoas que já vieram no inverno que venham em outras épocas para conhecer outras características desta cidade que tem tanto a oferecer.

Devido à sua natureza que dá a possibilidade de realizar diferentes atividades ao ar livre, à sua história e organização de eventos esportivos,  Bariloche foi declarada há poucos anos atrás pelo Senado Argentino, a Capital Nacional do Turismo Aventura, muito merecidamente.

Muitas das atividades de aventura são feitas com mais frequência nesta época, de novembro a março, apesar  de que algumas delas também são feitas no inverno além do ski: caiaque, cavalgadas, tirolesa, trekking, mountain bike, parapente, rafting, balsas, andar de veleiro, mergulho, escalada, etc. Agora no início de novembro começou a temporada de pesca esportiva e na cidade existe várias opções de saídas com guias experientes.

Também neste mês, nos dias 29 e 30 de novembro (sábado e domingo) das 12 as 19 hs, será realizada a semana de aventura no “Complejo los Baqueanos” (um lugar lindo, localizado bem na beira do Lago Gutierrez), com entrada e diferentes atividades gratuitas. A ideia deste evento é fazer com que as pessoas possam conhecer mais as atividades de aventura que oferece Bariloche, sejam os turistas ou residentes.  



Neste evento, vários prestadores de serviços estarão presentes para brindar aos visitantes informações e as atividades gratuitas. No lugar também estarão presentes stands de gastronomia típica e shows ao vivo, tudo isto em contato com uma linda paisagem na beira do lago e rodeado de bosques e montanhas. Lembrando que quem puder levar um alimento não perecível ao ingressar no lugar estará ajudando com a campanha da rede solidária de Bariloche.  




Para quem quer conhecer Bariloche fora do inverno, não tenha receio, a cidade tem muitas opções de atividades e passeios. Além dos esportes de aventura, o que se pode fazer nesta época são alguns passeios que saem durante todo o ano: Circuito Chico com subida ao Cerro Campanario (onde tem mirantes e confeitaria), Confeitaria giratória do Cerro Otto, Cerro Catedral, onde é possível subir por um teleférico desde a base para chegar ao cume da montanha, onde tem mirantes e restaurantes. É interessante também fazer uma navegação à Ilha Victoria e Bosque de Arrayanes, ir ao Vulcão Tronador onde está a última geleira negra, conhecer cidades que estão perto de Bariloche, indo e voltando no mesmo dia, como Villa La Angostura e Traful (através do Circuito Grande) ou San Martin de Los Andes e El Bolson e Lago Puelo. E por que não pegar uma prainha?



Espero que possam vir muitos brasileiros para conhecer Bariloche no verão e como sempre, é um prazer enorme poder recebê-los pessoalmente na agência.


Um abraço e bom fim de semana!


sábado, 1 de novembro de 2014

O clima em Bariloche é uma caixinha de surpresas!

Bom dia amigos do blog,

Estamos em plena primavera e alguns brasileiros visitam a cidade nesta época (bem menos que no inverno), muitos deles que me escrevem me perguntam como é o clima em Bariloche nesta época, o que eu posso dizer é que cada vez mais chego à conclusão de que o clima aqui é imprevisível.  Teoricamente em novembro e dezembro o clima oscila bastante, tanto podem ocorrer dias cálidos de mais de 20°C, como dias mais "fresquinhos" com média de 15°C e também dias mais frios com temperaturas menores a 10°C, realmente todas estas opções são possíveis nesta época. Sendo a temperatura tão imprevisível, é sempre importante trazer quando vier a Bariloche roupas abrigadas, mesmo fora do inverno e por mais que exista a possibilidade de ocorrer dias mais cálidos. Como eu sempre digo aos brasileiros que atendo, é sempre melhor sobrar roupa do que faltar, principalmente quando vamos passear na montanha, onde o clima é diferente ao da cidade.  Novembro é uma época onde não é possível ter contato com a neve, a não ser com algum restinho que ficou acumulada nos cumes da montanha e para ter acesso à ela, a única possibilidade é tomar o teleférico que estiver habilitado desde a base do Cerro Catedral. Digo tudo isto teoricamente, vejam só o que pode acontecer:

Hoje quando acordei e olhei pela a janela (sempre faço isto), tive uma enorme surpresa, a cidade estava pintada de branco e caía muita neve, nada comum nesta época, inclusive em pleno inverno esta situação tem acontecido muito pouco nos últimos anos. Se não me falha a memoria, nos seis anos nos quais eu vivo aqui, não me lembro de ver uma nevada dessas na cidade no início de novembro. Muito esporadicamente podem ocorrer às vezes fora do inverno algumas poucas nevadas bem  localizadas em alta montanha, como aconteceu em janeiro deste ano em pleno verão depois de termos temperaturas de mais de 30°C.






Enquanto tomava café da manhã e cada vez que olhava pela janela (seguia caindo neve), fiquei imaginando a emoção das pessoas que estão chegando hoje na cidade, sei que muitos brasileiros sonham em poder ver a neve e os turistas que viajam nesta época já chegam conformados de que não irão ter esta oportunidade como  teriam no inverno.  Também fiquei pensando nas pessoas que vieram em agosto e presenciaram uma onda de calor que derreteu grande parte da neve que tinha sido acumulada, chegamos a ter temperaturas de 18°C em um mês onde teoricamente se considera que deveria fazer mais frio e quando deveria cair mais neve. Eu que moro aqui não posso deixar de me surpreender e cada vez é mais difícil responder a pergunta de que qual é a época na qual mais neva em Bariloche.  Eu terei que seguir respondendo que teoricamente a época na qual cai mais neve é a partir do meio de junho até o final de setembro, mas é claro, aqui na Patagônia tudo pode acontecer.


Abaixo está um vídeozinho feito hoje da janela do meu apartamento, no centro de Bariloche:





Gostaria de aproveitar para avisar que a agência (Rua Villegas 237) está sendo reformada para ficar mais linda ainda para recebê-los, igualmente seguimos com o atendimento ao público, para as pessoas que quiserem marcar um horário comigo na Bariloche Select Travel entre 9 hs e 13 hs e 17 hs e 20 hs, basta entrar em contato para combinarmos bem o nosso encontro.

É muito bom poder conhecer gente tão bacana e fazer novas amizades (Filipe, Jorge, Bel e Jonathan, mas conhecidos como o quarteto fantástico, obrigada pelo carinho e por terem prestigiado o meu trabalho!)


Aproveito para esclarecer às pessoas que me escrevem e me perguntam como é o meu trabalho em Bariloche. Eu trabalho em parceria com uma agência de turismo chamada Bariloche Select Travel, minha função é atender aos turistas e ajudá-los a armar uma programação de passeios quando chegam à cidade e orientá-los em suas dúvidas. Gostaria de esclarecer que não vendemos pacotes turísticos de passagem e hospedagem e não vendemos passeios em outras localidades que não seja Bariloche. Apesar de que sou formada em Bariloche como guia de turismo desta cidade, não exerço esta função já que trabalho dentro da agência e me dedico ao blog. Muitos me perguntam também quanto vale o meu serviço de atendimento, obviamente não cobro nada, o único que cobro é o valor oficial correspondente de cada passeio ou excursão que o turista desejará realizar. Os valores atualizados e descrição dos passeios estão aqui no blog, sempre que houver mudanças nos preços estarei divulgando nesta página. Os valores dos passeios do inverno de 2015 estarão sendo divulgados provavelmente somente em junho do ano que vem, se eu tiver alguma informação prévia sobre isto estarei compartilhando aqui no blog.


Com já disse muitas vezes antes, qualquer dúvida ou informação que não encontrarem no blog é só escrever para o meu email, sabrinapoinho@gmail.com, será um prazer poder ajudar de alguma maneira.

Espero por vocês e que tenham um lindo fim de semana!