quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Começa a festa dos imigrantes europeus em Bariloche




Nos próximos dois fins de semana acontecerá em Bariloche a “Fiesta de las Colectividades”, um evento que é realizado todos os anos e onde é possível conhecer mais sobre  a cultura dos imigrantes que chegaram à região: alemães, espanhóis, suíços, italianos, dinamarqueses  e eslovenos.  O lugar de realização da festa será no “Club Danés” (Clube Dinamarquês), que se encontra no município de Dina Huapi, localizado a 15 Km de Bariloche. Neste espaço os visitantes poderão desfrutar das comidas típicas de cada país, de música ao vivo e das apresentações de danças típicas. O valor da entrada é de 40 pesos.




A seguir a programação para o 1° fim de semana do evento :

SÁBADO 1° DE NOVEMBRO

12:00  Habilitação das Bilheterias.  Abertura do Prédio, quermesse e Stands de Comidas Típicas das Coletividades.
13:00  Começo do espectáculo. Grupo “Arann Música Celta”.
14:00  Cerimônia de Abertura. Entrada de abandeirados.
14:00  Ensaio “Coletividades-Tolkeyén”.
14:20  Grupo Croata “Zrinski” e Grupo “Alondra”.
           Ballet Flamenco “Barbalé” e Escola de
           Danças Espanholas “Alma Gitana”.
           Grupo Esloveno “Lastovka”.
          “Celtic Clan Patagonia”. Bailes Celtas.
15:40  Ballet Folclórico Municipal “Tolkeyén”.
16:20  Grupo Húngaro “Paprika”.
           Grupo de danças “Nueva Italia”.
           Grupo Austríaco “Edelweiss” e Grupo “Alondra”.
17:20  Centro de Educación Física nº 8. Ginástica Rítmica.
17:30  Momento de jogos para o Público.
18:30  Grupo de Baile “Alma Portuguesa”.
           Conjunto Dinamarquês “Skaal”.
           Conjunto de danças Alemãs “Alpenrose”.
19:30  Grupo de danças Russas “Kalina”. 
           Conjunto Suíço “Genciana”.
           Conjunto Vasco “Mendi´ko Dantzariak”.
20:30  Banda “Tu Mambo”. Cuarteto e Merengue.

DOMINGO 2 DE NOVEMBRO

12:00  Habilitação das Bilheterias.  Abertura do Prédio, quermesse e Stands de Comidas Típicas das Coletividades.
12:15  Começo  do Espetáculo. Tango com Sergio González Vivar.
13:30  Grupo de danças Russas “Kalina”. 
           Conjunto Suíço “Genciana”.
           Conjunto Vasco “Mendi´ko Dantzariak”.
14:30  Escola de Ritmos Urbanos.
14:50  Grupo de Baile “Alma Portuguesa”.
           Conjunto Dinamarques “Skaal”.
           Conjunto de danças Alemãs “Alpenrose”.
15:50  “Cielo Sur”. Banda Barilochense de Rock y Pop Nacional.
16:30  Momento de Jogos para o público.
17:10  Ensaio “Colectividades-Tolkeyén”.  
17:30  Grupo Húngaro “Paprika”.
           Grupo de danças “Nueva Italia”.
           Grupo Austríaco “Edelweiss” e Grupo “Alondra”.  
18:30  Ballet folclórico Municipal “Tolkeyén”.
19:30  Grupo Croata “Zrinski” e Grupo “Alondra”.
           Ballet Flamenco “Barbalé” e Escola de
           Danças Españolas “Alma Gitana”.
           Grupo Esloveno “Lastovka”.
          “Celtic Clan Patagonia”. Bailes Celtas.
20:30  Banda “Rockabillycos”.  Rock & Roll e Rockabilly


Qualquer consulta sobre a cidade e para marcar um horário na agência para organizar os passeios, basta escrever para sabrinapoinho@gmail.com

Conheçam e curtam a fan page do blog, aí também poderão encontrar mais informações atuais sobre Bariloche, como o clima, eventos e novidades.


Um abraço e bom fim de semana!


domingo, 19 de outubro de 2014

Conheça “El Bolson”, uma cidade encantada entre os vales da cordilheira.


“El Bolson” é uma cidade que está a uns 120 km de Bariloche indo em direção sul pela rota 40, ambas pertencem a Provincia de Rio Negro. Tem este nome juntamente por estar localizada em um vale rodeada de morros, um deles é o imponente “Piltriquiton”, um dos responsáveis por gerar um microclima especial no lugar por protegê-lo dos fortes ventos. Por esta razão nesta cidade existem vários pequenos produtores agrícolas e chácaras, especialmente as de frutas finas (frambuesa, cerejas, amoras, morango, blueberries, etc) e de lúpulo, não é a toa que nesta região existem fábricas de cerveja artesanal, a mais conhecida tem o mesmo nome da cidade, que pode ser encontrada em vários restaurantes e supermercados de Bariloche.



“El Bolson” é um lugar conhecido também pela ideologia de seus habitantes, que são pessoas que procuram viver em harmonia com a natureza e buscam sua subsistência de maneira simples, realizando artesanatos, com o cultivo orgânico da terra, e claro, o turismo de alguma maneira tem sido nos últimos anos um fator importante para a economia local. Uma das principais atrações do lugar é uma feira “hippie” de produtos típicos (geléias, cerveja artesanal, chocolates, artesanatos, roupas, etc) que é realizada nas terças, quintas e nos sábados.  Podemos notar quando visitamos “El Bolson” que alguns habitantes (no total a cidade possui uns 20000) e principalmente os feirantes tentam manter a mesma ideologia “hippie” dos anos 70. É interessante notar na feira uma mistura de influencias de “Woodstock” com a cultura local de origem indígena (mapuche) e patagônica.




Além de toda a parte cultural da cidade, outra grande atração da região é a natureza e suas espetaculares paisagens, podemos apreciar rios de águas cristalinas, lagos de origem glaciária, montanhas e bosques nativos. São vários os lugares aonde podemos fazer trilhas de diferentes dificuldades. Uma delas é o fácil caminho até o “Cerrito Amigo”, da onde podemos ter uma visão panorâmica de toda a localidade de “El Bolson”. No verão, como em Bariloche, além de caminhadas, é possível realizar moutain bike, rafting, cavalgadas, desfrutar das pequenas praias de lago, escalada e parapente. No inverno, a maior atração é o “Cerro Perito Moreno”, uma pequena estação de ski bem familiar e sem luxos, muito pouco conhecida pelos brasileiros.


Vista desde o "Cerrito Amigo"

Refugio "Perito Moreno" no inverno


Conhecer esta cidade é uma opção interessante de excursão para ser feita desde Bariloche nesta época e principalmente  no verão, indicada para quem gosta de conhecer outras culturas e realizar um turismo mais alternativo.

O horário é das 8:30 as 18:30 com saídas às tercas, quintas e sábados (vai e volta no mesmo dia). O passeio tradicional em van com um guia a “El Bolson” também vai ao povoado “Lago Puelo”, um lugar pacato e tranquilo aonde se encontra o Parque Nacional “Lago Puelo”, que está localizado dentro da Província de Chubut (El Bosson pertence a Rio Negro como Bariloche).



Qualquer dúvida sobre este e outros passeios e para marcar um horário comigo na agência é só entrar em contato pelo email: sabrinapoinho@gmail.com ou pelo whatsapp: +54 294 4331745.


Uma linda semana para todos!


quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Visite San Martin de Los Andes desde Bariloche, pela famosa Rota dos 7 Lagos.



Esta é uma das excursões mais emblemáticas para ser feita desde Bariloche e a mais longa de todas, sai as 8 hs na manhã e retorna até as 19:30. Por percorrer a Rota dos 7 Lagos, muitos pensam que este passeio é feito em barco, mas na realidade é feito em uma van. São quase 200 Km até a cidade de San Martin de Los Andes, um dos destinos mais importantes do norte da Patagônia, onde se localiza o Vulcão Lanin, o Cerro Chapelco (que funciona como Estação de ski no inverno) o Lago Lacar.

Agora que começou a primavera e a claridade dos dias duram mais, esta seria uma interessante opção de excursão para esta época, onde será possível conhecer bastante as características, história, natureza e cultura de uma das regiões turísticas mais importantes da Argentina, a Patagônia.
O passeio sai de Bariloche cedinho saindo em direção leste (única saída de Bariloche via terrestre), passando pela localidade de Dina Huapi para logo mudar de Província, mudando de Río Negro a Neuquén. Depois de alguns minutos está o desvio direção oeste pela Rota 40, cruzando o deserto da estepe e depois voltando à zona de bosque em direção a Villa La Angostura, outro destino importante da Patagônia que se encontra a quase 90 Km de Bariloche. Neste lugar será feita uma parada e serão conhecidos alguns pontos importantes desta cidade que é considerada o jardim da Patagônia.

Villa La Angostura


Saindo de Villa la Angostura e seguindo para o norte, começa o importante caminho conhecido como Rota dos 7 Lagos, que passará por mirantes e atrações naturais imperdíveis, são 110 Km de distância entre Villa La Angostura e San Martin de Los Andes. Na realidade, durante a excursão  são conhecidos  mais de 7 lagos: Nahuel Huapi, Espejo, Correntoso, Pichi Traful, Escondido, Villarino, Falkner, Machónico e Lacar. Também são transitados dois Parques Nacionais: O Nahuel Huapi (mesmo nome do lago) e Lanin (mesmo nome do vulcão).







A van estará chegando no início da tarde a San Martin de Los Andes, que está na beira do lago Lacar.Nesta cidade o turista terá tempo para almoçar e caminhar peos setores principais como o Centro Cívico e alguns Museus, como o “Museo de los Primeros Pobladores” e o “Museo del Che”, em homenagem a Ernesto Che Guevara, que esteve nesta cidade durante a sua famosa viagem pela América do Sul. São mais ou menos 3 horas de permanência nesta localidade.








No final da tarde se inicia o regresso a Bariloche, que pode ser pela mesma Rota dos 7 Lagos, ou dependendo das condições, é possível voltar por um caminho alternativo conhecido como Paso Córdoba, onde a estrada é bem agreste, sinuosa e tem uma paisagem incrível, onde se pode observar o deserto da estepe e suas formações rochosas vulcânicas com formas espetaculares.

Para quem quer fazer este passeio independentemente, alugando um carro, não recomendo ir e voltar no mesmo dia a San Martin de Los Andes desde Bariloche, o ideal seria dormir pelo menos uma noite na cidade.






Quem quiser reservar esta e outras excursões em Bariloche, será um prazer recebê-los na agência (Rua Villegas 237) para conversarmos pessoalmente e organizar os seus dias. As pessoas que tiverem interessadas em marcar um horário para conversar comigo e reservar os passeios, é só entrar em contato pelo o email sabrinapoinho@gmail.com ou através do meu whatsapp +542944331745

Espero por vocês!