sexta-feira, 30 de maio de 2014

Algumas dicas importantes sobre a sua viagem a Bariloche

Bom dia pessoal!

Antes de tudo, queria agradecer às pessoas que me escrevem não somente fazendo consultas sobre Bariloche, mas também sempre colocam algum comentário de incentivo ao blog. Estou muito feliz por saber que de alguma maneira vocês estão podendo aproveitar as informações colocadas nesta página.

Analisando todas as consultas dos meus queridos leitores e dos que me enviam  emails, decidi escrever esta postagem resumindo sobre as maiores dúvidas de todos vocês sobre a viagem a Bariloche, muitas delas provavelmente já terão lido em alguns dos comentários feitos no blog. Eis algumas delas:

Compro ou alugo a roupa de neve?

Bom, eu sempre digo a todos que o melhor é alugar a roupa e só comprar o que realmente for dar algum uso depois, já que este tipo de roupa é muito cara. Valeria a pena comprar, por exemplo, se você for viajar todos os anos para esquiar. Também depende muito da cidade onde cada um mora, de repente as pessoas que vivem no sul do Brasil, até poderiam investir em uma boa jaqueta impermeável e só alugar a calça e as botas de neve, por exemplo. O único que você deveria trazer ou comprar aqui se na sua cidade os preços estiverem altos,são os acessórios como gorro, cachecol e luvas de lã, que são importantes para se proteger do frio. É interessante também ter meias, blusas e calças térmicas ou meias de lã, estas coisas não são caras. E claro, é sempre bom trazer as roupas mais abrigadas que você tenha.

Qual moeda devo levar a Bariloche?

Atualizando esta informação agora em 2017: O ideal é trazer reais e principalmente dólares (em notas de 50 ou 100 para trocar no paralelo), aqui fazem é fácil trocar estas moedas e a maioria dos lugares turísticos aceitam, a uma variada cotação (ande com as três moedas se possível). Geralmente não compensa comprar pesos no Brasil. Atualmente trocar no aeroporto de Buenos Aires no banco Nacion pode compensar, principalmente se for reais. Usar o cartão  de crédito  já não tem tanta diferença com o dinheiro, apesar do IOF. Aqui em Bariloche  nao dependa só do cartão de débito, mas às vezes acontece de conseguir passar em um lugar e em outro não, por um problema de "sistema" ou de "rede".  Você terá que pedir ao seu banco uma autorização para usar seu cartão no exterior, seja de crédito ou débito. Quando se saca dinheiro do caixa eletrônico em Bariloche, vai sair em pesos a um cambio oficial (a não ser que você tenha uma conta em dólares).


Quanto devo levar para gastar por dia em Bariloche?

Muitos me fazem esta pergunta e entendo que a resposta da mesma é primordial para as pessoas que estão organizando suas viagens. É relativo saber quanto um turista irá gastar, depende muito de que tipo de passeio se faça, aonde se come, o que se compra, etc. O que posso te dizer muito vagamente e especulando com a situação atual, é que mais ou menos uma pessoa gastaria por dia em Bariloche no inverno entre 500 e 600 reais por dia (podendo ser mais ou menos), sem contar a passagem aérea e hotel. Este valor estimado seria para fazer excursões, alugar roupa de neve, sair para comer, taxi, alguma compra, etc. Não tomem esta resposta como uma verdade absoluta, é muito difícil fazer cálculos sobre gastos  já que os mesmos dependerão do perfil e prioridades de cada um. Para que tenham uma idéia, os passeios e atividades no inverno terão uma variação entre 150 e 2200 pesos.

Vale a pena alugar um carro?

Talvez sim se você ficar em um hotel muito afastado do centro. Em minha opinião não é algo simples dirigir em Bariloche e tem que ter muita precaução, ainda mais no inverno. Na cidade tem muitas ruas em pendentes e algumas vezes ficam congeladas ou com neve, ainda mais os caminhos que sobem até as montanhas onde se fazem as atividades de inverno, algumas vezes tem que colocar correntes nas rodas.  Se vocês quiserem se sentir mais seguros, poderão contratar algumas atividades com traslados. Outros passeios já são feitos em uma van ou ônibus com um guia de turismo. Realmente é uma decisão pessoal da família. Para as pessoas que definitivamente não cogitam a ideia de alugar um carro, recomendo tentem escolher um hotel no centro ou nas proximidades do mesmo.

Sabrina, você organiza pacotes com hotel e passagem aérea?

Não. Eu trabalho em uma agência no setor de reservas e vendas de todas as excursões de Bariloche (exceto Puerto Blest e Cruce Andino feitas pela empresa Turisur). Sempre recomendo a todos que se não quiserem viajar com uma grande operadora turística (CVC, Agaxtur, Tam Viagens, etc), poderao organizar suas próprias viagens comprando passagem aérea e reservando hotel pela internet. Hoje em dia existem muitas ferramentas para isto e é uma tendência mundial, cada vez mais os turistas armam suas próprias viagens de maneira bem personalizada. Algumas páginas para procurar hotéis e passagens: Booking, decolar, expedia, submarino, trip advisor (para ler as opiniões), páginas da Aerolineas Argentinas e Lan (empresas que viajam regularmente a Bariloche).
Depois quando a pessoa chega a Bariloche, necessita ir a uma agência para reservar as excursões, é aí onde eu posso ajudar vocês. Cuidado, jamais comprem excursões de pessoas que não estão vinculadas à uma agência, isto não é legal e em caso que tenham qualquer problema, este provavelmente não será resolvido.
Já sabem que eu estarei na agência esperando por todos para explicar detalhadamente sobre os passeios e fazer as melhores recomendações, será um prazer!

Quando abre o Cerro Catedral para esquiar?

A abertura das estações de ski estará diretamente relacionada com a quantidade e frequência das nevadas para poder preparar bem as pistas, teoricamente já deveria estar funcionando parcialmente no final de junho e completamente no inicio de julho, mas ninguém pode assegurar 100 %, dependemos unicamente da natureza e das condições climáticas, não da vontade do homem.
Vale lembrar que o Cerro Catedral pode ser conhecido durante todo o ano, independente da estação de ski, já que nele é possível passear através de teleféricos e subir até os mirantes e confeitarias dos cumes. A excursão tradicional em uma van com um guia de turismo sai todos os dias de 13 as 17 hs. Se você nunca esquiou antes, deverá fazer pelo menos uma aula, não se aventura a esquiar na montanha sem nenhum conhecimento e por mais que tenha habilidades par os esportes radicais, isto é perigoso e nem sequer você irá desfrutar.

Sabrina, vou ver neve em determinada data?

Esta é uma das perguntas mais feitas de todas e isto é muito compreensível, mas jamais a mesma poderá ser respondida com exatidão. Agora no outono começamos a ter nevadas esporádicas e teoricamente a partir de junho as mesmas se tornam mais frequentes e julho e agosto seriam os meses de maiores nevadas. Digo teoricamente porque o clima tem andado muito imprevisível nos últimos anos, principalmente no inverno. As nevadas caem quando a natureza e as condições climáticas decidem. Em setembro teoricamente temos uma quantidade de neve acumuladas dos meses anteriores e pode ser que caia alguma outra nevada.  Ano passado, por exemplo, tivemos três semanas seguidas de sol em julho ( o que não é normal), mas como tinha nevado antes foi possível a realização de algumas atividades pela quantidade de neve que ficou acumulada. Isto quer dizer que mais do que ver cair neve, é importante o processo de acumulação da mesma nas montanhas da região para que as pistas das estações de inverno possam ser preparadas para que as atividades se desenvolvam com segurança. Por esta situação, os lugares que oferecem recreação com a neve nunca tem uma data certa para abrir, a cada ano abrem em uma data diferente, sempre estão pendentes da quantidade de neve. E durante  o decorrer da temporada de inverno, as diferentes pistas espalhadas pelas cidades, seja para esquiar ou fazer esqui bunda nas diferentes montanhas da região, a cada dia são habilitadas ou não para o uso dos turistas, mas é claro que existem várias opções de pistas.
Por isto sempre digo, Bariloche é um lugar incrível independente se você irá ou não ver neve caindo. Desfrutem cada momento!

Dicas gerais:

Não coloque calça jeans por embaixo da calça de neve, o ideal é uma calça térmica ou meia-calça de lã.

Nunca vá à uma montanha nevada sem a roupa e um calçado adequado. Gorros e luvas são imprescindíveis.

Não saia com o cabelo molhado ao ar livre, ele poderá congelar.

Não tem arroz e feijão nos restaurantes em Bariloche, se contente com um guisado de lentilhas, rsss. Aqui geralmente a comida vem pouco temperada, por isto se for comer carne, peça o delicioso molho chimichurri para colocar encima da carne.

Viaje sempre com um seguro saúde viagem, principalmente se for esquiar ou fazer atividades.
Lembre-se, na Argentina os aparelhos eletrônicos deverão ter 110 v ou ser bivolt. 


Esteja sempre atento à bateria da sua máquina ou celular para tirar fotos, o frio faz com que ela se descarregue mais rápido.

É sempre bom levar uma mochilinha nos passeios para guardar os acessórios e desta maneira não perdê-los. Sempre ande com uma garrinha de água com você, o frio desidrata. Evite andar com o documento, ainda mais se não for usar o cartão de crédito (não recomendado). Se você perder o documento será complicado resolver a volta para o Brasil, não temos mais Consulado Brasileiro em Bariloche.

E claro, sempre cuide os seus pertences seja aonde for, em alta temporada temos muitos “malandros” dando voltas por aí e esperando um descuido do turista.

Tentei colocar no blog as informações mais importantes para ajudá-los a organizar a viagem, se não encontraram alguma coisa que necessitam saber por favor me avisem enviando um email a sabrinapoinho@gmail.com.





 E o inverno vem se aproximando cada vez mais...








sexta-feira, 23 de maio de 2014

Bariloche em 3 minutos, imperdível!

Bom dia a todos!

Para começar bem a sexta-feira e para gerar ainda mais ansiedade (rss) nas pessoas que estão programando suas viagens e já começaram a contagem regressiva, compartilho este lindo vídeo que resume o que é Bariloche em pouco mais de 3 minutos, não deixem de ver!

Aproveito para agradecer a todos os que estiveram em Bariloche uns dias atrás (e os que estão neste momento passeando pela cidade) e me disseram pessoalmente lindas palavras de incentivo com relação ao blog e a mim, foi um prazer poder conhecer a todos e contribuir de alguma maneira a que conheçam Bariloche.







Para os que estão por chegar, os espero na agência Bariloche Select Travel, que está na Rua Villegas 237, no centro de Bariloche. Por enquanto (antes da alta temporda) estou trabalhando metade do tempo em casa (para responder as consultas dos meus queridos leitores) e a outra na agência, por isto podem me mandar um mail (sabrinapoinho@gmail.com) ou um whatsapp (+542944331745) para marcamos um horário específico. 



Que tenham um lindo fim de semana!






quinta-feira, 22 de maio de 2014

O clima em Bariloche - 22/05/2014

Bom dia, queridos compatriotas!

Com a nevadinha que caiu dias atrás, vejam  só como é lindo poder disfrutar da montanha nevada em um dia de sol (só não podem esquecer os óculos escuros, rss)


Esta foto foi tirada hoje no Cerro Catedral e este é o bondinho, conhecido como cable carril, é interessante para que possam subir mais a montanha desde a base e desfrutar de vistas espetaculares, e além disso, tomar um delicioso chocolate quente nas confeitarias localizadas nos cumes. Esta é uma possibilidade interessante para as pessoas que desejam visitar o Cerro Catedral e não querem esquiar e para quando ainda não tiverem sido inauguradas as atividades de neve por estarmos em baixa temporada (como agora) e pela quantidade insuficiente de neve.


Vamos torcer para que a neve se acumule cada vez mais daqui para frente, facilitando assim a inauguração das atividades de inverno, estamos nas mãos da natureza!

Que tenham uma linda quinta-feira!



segunda-feira, 19 de maio de 2014

O Clima em Bariloche - 19/05/2014

Bom dia queridos amigos do blog, como estão os preparativos para a viagem a Bariloche?

Hoje é segunda-feira e começamos bem a semana aqui em Bariloche, já que entre ontem e hoje estamos tendo algumas nevadinhas nas montanhas da região (e chuva na cidade).

Compartilho estas fotos tiradas hoje, dia 19/05, a primeira é do cerro Catedral (Punta Nevada) e a segunda do Valle del Challhuaco, onde está o Refugio Neumeyer:





Que tenham uma linda semana e espero a todos em Bariloche!


quarta-feira, 14 de maio de 2014

“Centro de Ski Nordico”, outra interessante proposta para desfrutar da neve em Bariloche.




Este centro recreativo de inverno, que também se encontra no Cerro Otto (na ladeira Sul) passando um pouco “Piedras Blancas”, é uma excelente opção para desfrutar da neve e da montanha já que oferece diferentes atividades para todas as idades. Como diz o mesmo nome, uma das principais atrações deste lugar é aprender e praticar o ski nórdico, um estilo recomendado para quem quer aprender este esporte. Na agência (espero a todos para em Bariloche Select Travel, “porsupuesto”!) podem contratar 2 horas de aula, equipamento e o passe que dá direito ao uso do lugar. O traslado é a parte e a empresa também oferece este serviço para buscar os turistas em seus respectivos hotéis. Se o grupo é de quatro pessoas, recomendo que tomem um taxi ou remis, se são menos, recomendo contratar mesmo o traslado para chegar ao lugar. Para os que alugarão um carro, muito cuidado o dirigir, não é um caminho fácil, é sinuoso, estreito e costuma ter neve. Muitas vezes é obrigatório o uso de correntes nas rodas para transitar por este caminho.




Outra atividade bem interessante que oferece esta estação é andar em quadriciclos especiais para a neve. O percurso é feito pelo bosque nevado onde se desfruta plenamente da paisagem e o passeio está coordenado por um guia especializado. Tem uma duração de 40 minutos. Em 1 quadriciclo vão 2 pessoas e se paga por veículo, não individualmente. Por isto, se você estiver sozinho, procure alguém que queira fazer a mesma atividade.




 Para as famílias, o lugar oferece outra atividade ideal para quem está com crianças pequenas, o passeio de trenó que é puxado por uma moto de neve. São 25 minutos de duração em aproximadamente 3 Km de percurso pelo bosque nevado.




 No Centro de Ski Nórdico é realizado um dos passeios mais desejados de Bariloche, uma proposta parecida ao “El Refugio”, se chama “Noche Nordica”. É realizado à noite e permite aos turistas dirigirem os quadriciclos pelo bosque nevado durante a noite e depois desta linda experiência (com direito a uma surpresinha no meio), é servido dentro de um cálido refugio de montanha um espetacular jantar com bebidas, entrada, prato principal, sobremesa e um brinde com degustação de bombons. Uma experiência inesquecível!



















 Para ver os valores oficiais das atividades no Centro de Ski Nordico, clique aqui

E seguimos com a contagem regressiva para o inverno, falta pouco...


sábado, 10 de maio de 2014

Instalação dos “Magic Carpets” na base o Cerro Catedral, outra novidade para a temporada 2014

Foto atual das obras na base do Cerro Catedral


A empresa Catedral Alta Patagônia que administra o Cerro Catedral, está investindo cada vez mais para melhorar o atendimento para a próxima temporada de inverno. Além de ter comprado novos canhões para fabricar neve artificial para as pistas da base, nesta semana estará instalando esteiras rolantes para facilitar a realização de algumas atividades. Esta poderá ser usada por esquiadores principiantes e para fazer outras atividades na neve, como o “snow tubing”, sem ter que subir mais a montanha. Estas cintas terão 90 e 84 metros de comprimento cada uma e terão capacidade para transportar de 1300 a 1500 pessoas por hora.

Por favor mãe natureza, queremos muita neve!

Um lindo fim de semana para todos!


sexta-feira, 9 de maio de 2014

Feliz dia da ave, Rei dos Andes!


Hoje é o dia Internacional das Aves, por isto gostaria de aproveitar para comentar sobre esta que é considerada o Rei da Cordilheira de Los Andes e uma das espécies que podemos encontrar em Bariloche. Senhoras e Senhores, lhes apresento Vossa Majestade, O Condor!


Podendo pesar até 15 Kg e ter até 3,5 metros de envergadura, esta maravilhosa espécie considerada uma das maiores aves do mundo, está distribuída em toda a América do Sul e gosta de fazer seu ninho na Cordilheira Andina. O seu voo é espetacular, plana como um avião, uma maneira inteligente de economizar energia para buscar o seu principal alimento: a carniça.
Não sempre encontram comida, por isto quando comem, exageram na dose e depois ficam com dificuldade para levantar voo, rsss.


Suas plumas possuem um excelente isolante térmico, por isto resistem temperaturas extremas  no inverno das altas montanhas. Sua cabeça é pelada, uma mostra do processo de adaptação que teve para comer carniça, já que ao não ter plumas na cabeça se evita alguma possível contaminação pelo alimento ao introduzir a mesma no seu alimento.

O Condor escolhe o seu par e fica com o mesmo para toda a vida e quando um dos dois morre, provavelmente o outro morrerá de tristeza (triste e romântico!). Além de fiel, esta ave é super “coruja” com os filhotes, já que cuida deles por um longo período.



 Por isto se reproduz pouco, a cada dois ou três anos. Esta característica somada às pessoas inconscientes que caçam e matam esta espécie fazem com que o Condor esteja em perigo de conservação. Por isto na Argentina existe um projeto de conservação do Condor Andino onde se estabelecem técnicas de reprodução por incubação artificial e criação dos filhotes sem a presença humana (usam bonecos de Condor, que fofo). Depois que os filhotes crescem, são levados para serem libertados na montanha, o seu verdadeiro lar. Este momento é uma grande emoção para todos, fazem uma cerimônia muito importante, inclusive com a presença de povos indígenas que abençoam a libertação do Condor. Na Patagônia, esta cerimônia se realiza no “Valle Encantado” na estepe, lugar que se pode conhecer fazendo o Circuito Grande desde Bariloche.






Feliz dia, Condor!



terça-feira, 6 de maio de 2014

Cerro Catedral, a maior estação de esqui da América Latina, venha conhecer!


Se aproxima cada vez mais o inverno, por isto vou falar de uns dos lugares mais importantes e emblemáticos de Bariloche, o Cerro Catedral, que está localizado a 19 Km do centro da cidade.

A base desta montanha se encontra a 1030 metros sobre o nível do mar e seu cume mais alto alcança os 2388 metros. Pertence a Cordilheira de Los Andes que teve sua origem com a subjunção de placas que a milhões de anos fizeram com que os afloramentos rochosos subissem de maneira abrupta. Apesar dos seus milhões de anos, o Cerro Catedral é considerado geologicamente uma formação jovem, prova disto são seus cumes pontiagudos que deram origem ao nome desta montanha, por se assemelharem a uma catedral gótica. Outra característica marcante deste morro são os seus vales profundos em forma de “U”, o que demonstra que por aí passaram há milhares de anos atrás diferentes línguas de geleiras/glaciares.

Saindo da parte natural, agora vou falar um pouco da superestrutura que oferece este lugar que é considerado a maior estação de ski da América Latina. Não é para menos, o Catedral conta com 36 meios de elevação espalhados pela montanha, mais de 70 pistas de diferentes níveis, máquinas para fabricar neve artificial e vários refúgios/restaurantes espalhados pela montanha.






Esquiadores de todo mundo buscam esta estação para a prática do ski alpino e do snowboarding, sejam atletas de alta competição ou principiantes que querem aprender estes esportes.
Na base encontramos várias escolas de ski e snowboarding, restaurantes, kids club, chocolatarias, lojas, pistas para principiantes e até um shopping que se chama “Las Terrazas”.

Para as pessoas que não querem esquiar, o Cerro Catedral é um lindo lugar para se conhecer, disfrutar da paisagem ou realizar algumas outras atividades em contato com a neve que não requerem aulas: andar em motos de neve e quadriciclos, deslizar em bóias (snowtubing), trekking, caminhadas com raquetes, andar em bicicletas de neves ou simplesmente subir por teleféricos a montanha para desfrutar da espetacular paisagem que oferece a cordilheira.





 Existe uma excursão tradicional em van de meio período que vai ao Cerro Catedral a partir das 13 horas, mas geralmente a mesma é combinada com o Circuito Chico que sai de manhã às 9 da  manhã e juntas formam um grande “city tour” para que os turistas possam conhecer bem as características de Bariloche. Seria o passeio de boas-vindas.

Para os que desejam esquiar ou fazer snow, com ou sem aulas, o ideal seria ir de manhã cedo para que possam aproveitar bem a prática até o final da tarde. As escolas de esqui armam traslados para buscar os esquiadores em seus respectivos hotéis a partir das 8 da manhã e quando chegam a base do Catedral, são acompanhados para colocar o equipamento e os que contrataram aulas irão com os seus instrutores. Talvez seja necessária a compra de um passe de principiante ou normal para uso dos meios de elevação nas mesmas bilheterias do Cerro Catedral. Isto irá depender da quantidade de neve acumulada em diferentes setores da montanha, este tipo de parecer é oscilante e quase que diariamente são feitos relatórios para dizer sobre o estado das pistas e do clima.


Para quem nunca esquiou é extremamente importante contratar aulas, quanto mais reduzido o grupo, mas se poderá aprender, mas é claro, o preço varia.
Existem opções de aula coletivas, com grupos mais reduzidos, semi-privadas e privadas. Quando é uma família ou grupo de amigos de quatro ou mais pessoas, o ideal seria contratar um instrutor para o grupo, desta maneira poderão aprender mais. 
As aulas duram 2 horas, mas depois os que terminaram a aula poderão ficar praticando até cansarem e devolvem o equipamento só no final do dia.
Crianças fazem aulas separadas dos adultos, existe um instrutor especial para elas.





Durante todo o ano, inclusive agora no outono ou na primavera e verão, é possível conhecer o Cerro Catedral por mais que não esteja funcionando como estação de ski. É possível fazer caminhadas e subir através de teleféricos até os mirantes dos cumes das montanhas. Na primavera e no verão são realizadas atividades com mountain bike, trekking e competições de corridas e motos.
No inverno desde a base do Cerro Catedral é realizado o famoso passeio em motos de neve à noite com jantar incluso, conhecido com "La Cueva", uma proposta parecida ao "El Refugio".



Em breve estarei divulgado os valores oficiais das aulas e equipamento de esqui e snowboarding.

Lembrando, estarei esperando a todos que visitarão Bariloche  na agência Bariloche Select Travel,que está na Rua Villegas 237, para que juntos possamos armar uma programação de acordo ao seu perfil e ao clima.


sábado, 3 de maio de 2014

Feliz Aniversário, San Carlos de Bariloche!



Bom dia a todos!

Hoje, 3 de mayo de 2014, é aniversário da cidade de Bariloche que está comemorando os seus 112 anos de existência. Para celebrar esta data de maneira bem tradicional, na cidade fazem vários eventos e um deles é cozinhar um gigante guisado típico de montanha para milhares de pessoas em pleno Centro Cívico. Que delícia comer esta comida quando está fazendo frio!



Aproveito para mandar um grande abraço aos brasileiros que visitarão a cidade nestes dias e estiveram comigo, obrigada pela confiança e carinho!


Esperos a todos em Bariloche!

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Feliz dia do trabalhador!

Desejo a todos os meus compatriotas um feliz dia do trabalhador, tenho orgulho de ter nascido neste país de gente trabalhadora, guerreira e que cada vez mais está lutando por um país melhor!

Para os que visitarão a cidade por agora ou depois no inverno, compartilho uma linda foto do outono em Bariloche. Aos poucos caem as primeiras nevadas nas montanhas, o mês de maio teoricamente é uma época de muita "água", mas muitas vezes quando está caindo chuva na cidade simultaneamente está nevando nas montanhas. É preciso a chuva do outono para que futuramente os morros de Bariloche se “pintem” de branco.

Abraços a todos e que tenha um lindo feriado!